08/01/2017

Trem Nariz del Diablo, Equador

Monte Chimborazo
Uma viagem de trem a mais de 2300 metros de altitude. que corta canions e montanhas cobertas por neve, pela cordilheiras dos andes. Rios caudalosos e belas paisagens são a regra, o contato com as culturas milenares dos povos originais do equador deixam mais belo ainda essa viagem nesse trem turístico. Opções de turismo de aventura não faltam, pois montanhas e trilhas são abundantes, como o monte Chimborazo, o mais alto do equador.

A linha em si, que liga a cidade de Riobamba a Alausí, também é bem interessante, pois serpenteia pelas montanhas, utilizando-se de manobras inusitadas, como subir de ré e voltar de frente para superar curvas impossiveis. Esse pequeno trecho supera mais de 500 metros de elevação em pouco mais de 1 hora de viagem. O trem literalmente faz zig-zag pelas montanhas, uma grande obra da engenharia da época. A ferrovia foi construída no ano de 1899.

"O trem chega na montanha por uma linha de trilho e num determinado ponto após uma bifurcação, ele sobe mais alguns alguns metros e então irá parar, um manobrista saltará da locomotiva e mudará a alavanca, trocando a faixa na via férrea e assim, o trem voltará e continuará já na outra linha de trilho, com a velocidade suficiente para poder subir a montanha, até a próxima conversão, onde o manobrista mudará novamente a alavanca e a faixa e o trem mudará de sentido, num ziguezigue até cruzar o Nariz do Diabo, sendo feito isso por três vezes." magnusmundi.com

Confira agora algumas fotos dessa interessante ferrovia:

Reparem a direita a conversão entre linhas.

Acidente na década de 1920





Trem descendo o Nariz do Diabo, após a conversão de linhas. Crédito da foto
Gostou desse post? Então compartilhe e ajude o nosso blog.

Nenhum comentário:

Postar um comentário